CID Imóveis

O mercado imobiliário é um dos setores que menos sofre com as flutuações da economia. Por conta disso, muitas pessoas pensam em investir em imóveis em Cuiabá para valorizar as reservas financeiras e garantir um patrimônio para a vida toda. Esta é uma forma de conseguir ganhar na revenda, aproveitar a valorização anual no preço do imóvel, garantir renda extra com aluguel e manter a segurança da família.

E se o mercado imobiliário já traz vantagens, Cuiabá chega como um complemento repleto de benefícios para investidores. Além da excelente infraestrutura da cidade, os imóveis têm grande procura e a economia é crescente.

Você pensa em investir em imóveis em Cuiabá mas ainda não está seguro para tomar essa decisão? Esse post é pra você! Com ele, você vai tirar as principais dúvidas sobre o assunto. Confira!

Investimento seguro

Não importa o tipo: ele pode ser residencial, comercial, terreno, loteamento, sobrado ou quitinete; investir em imóveis é sempre uma opção segura e tradicional de investimento. Observe ao seu redor e veja que, entre pessoas com maior poder aquisitivo, quase todas têm ao menos uma fatia do seu patrimônio investido no mercado imobiliário.

Isso acontece por inúmeros motivos. Além de ser um investimento estável, ele pode oferecer retornos satisfatórios no médio e longo prazos. Outro fator importante é que a demanda por imóveis não acaba nunca: sempre tem alguém procurando uma casa para morar ou um ponto comercial para começar a empreender, por exemplo – mesmo durante crises financeiras.

O investimento imobiliário ainda é imune a falência de bancos e não corre o risco de ser congelado, como pode acontecer com as cadernetas de poupança. Além disso, imóveis são bens duráveis, que não sofrem de forma considerável com a ação do tempo. Investir em imóveis, portanto, é uma forma segura, com valorização certa e demanda constante.

Infraestrutura da cidade

Estar em pleno desenvolvimento é um dos principais motivos para investir em imóveis em Cuiabá. De acordo com a consultoria da Macroplan, a capital mato-grossense é a 13ª melhor capital do Brasil para morar. Isso faz com que a busca por imóveis seja constante, tanto das pessoas que já vivem no município quanto daqueles que vêm para trabalhar ou estudar.

Cuiabá também conta com uma vantagem que poucas capitais do Brasil têm: ela mantém o ar interiorano mesmo em meio a uma infraestrutura completa e segura para os mais de 600 mil moradores.

Seu desenvolvimento foi rápido e fez com que a cidade passasse por grandes transformações. A capital, hoje, é muito mais acessível ao restante do país por conta das estradas construídas. Além disso, há planos da prefeitura para construir novos viadutos e levar adiante os projetos de pavimentação das ruas da cidade. Tudo para que os moradores consigam ter qualidade de vida em todos os cantos de Cuiabá.

A cidade também conta com transporte público de qualidade, praças e parques para atividades físicas, universidades e empresas que fazem de Cuiabá um excelente destino para novos moradores.

Investir em imóveis em Cuiabá

Em seus últimos levantamentos, o Sinduscon-MT (Sindicato da Construção Civil e Indústria de Mato Grosso), Cuiabá tem de 15 a 20 mil unidades habitacionais em fase de construção e conclusão ainda no ano de 2020. Esse  impulsionamento aconteceu logo após a Copa do Mundo, evento que injetou R$ 3 bilhões em investimentos na construção civil da capital e aqueceu o mercado.

Um dos nichos mais promissores é o mercado de imóveis de luxo, principalmente nos bairros da região norte, mais cotado por pessoas de maior poder aquisitivo. Entre as alternativas estão as coberturas em condomínios repletos de áreas de lazer e casas condominiais que oferecem privacidade, qualidade de vida e segurança. 

Muitos destes imóveis para comprar em Cuiabá, inclusive, estão em regiões mais afastadas e em desenvolvimento, o que faz com que o preço de compra seja mais acessível e a possibilidade de valorização e lucro com a revenda estejam entre as vantagens de investir em imóveis em Cuiabá

Ainda no mercado de luxo, muitas construtoras têm apostado em espaços de lazer “de elite”, como cinemas, campos de golfe, quadras de tênis e outras possibilidades que atraem moradores e investidores.

Mas não é só de imóvel de luxo que é feito o mercado de Cuiabá. Atualmente, existe uma infinidade de conceitos e imóveis para diversos estilo de vida. Alguns empreendimentos, por exemplo, têm a sustentabilidade como palavra de ordem e oferecem aos moradores hortas colaborativas e serviços de bike share, por exemplo.

Kitnets e apartamentos de 1 quarto também têm alta procura em Cuiabá, especialmente entre estudantes e executivos que vêm à cidade para trabalhar.

Com tantas vantagens, Cuiabá se firma como ótima possibilidade de investimento, oferecendo patrimônio sólido e seguro e possibilidade de renda fixa por meio de aluguel.

A previsão é que 2020 encerre com diversos novos empreendimentos lançados, mesmo em meio à pandemia, trazendo esperança àqueles que querem ver seu dinheiro render em tempos de crise.

Linhas de Crédito

Existem diversas linhas de crédito imobiliário para você escolher. Uma delas é o financiamento da Caixa Econômica Federal. Em abril, a instituição ampliou o incentivo ao financiamento, congelando o pagamento das parcelas em seis meses e antecipando recursos.

Veja, abaixo, como funciona as opções de financiamento de imóveis disponíveis e escolha qual o mais indicado para sua realidade.

Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI)

O SFI é um empréstimo oferecido por um banco para a compra de imóveis. Esta modalidade não estipula um valor máximo para o imóvel e pode abranger até 90% do valor da propriedade. A desvantagem é que as taxas de juros são mais altas.

Sistema Financeiro de Habitação (SFH)

O SFH oferece crédito para imóveis residenciais que custem até R$ 1,5 milhão. Os juros máximos cobrados são de 12% ao ano e o financiamento pode abranger até 90% do valor. 

Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE)

Nesta modalidade de linha de crédito, o sistema utiliza o valor da caderneta de poupança para financiamento. Os imóveis podem ser pagos em até 35 anos e 80% do valor pode ser financiado.

Pró-cotista

Trabalhadores que contribuem para o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) podem usufruir dessa modalidade de crédito. O requisito é ter até 10% do valor do imóvel nas contas do fundo.

Carta de crédito FGTS

Aqui, os recursos do FGTS podem ser usados para compra de imóvel residencial com valor máximo de R$ 500 mil. Pode custear até 80% da casa ou apartamento.

Minha Casa Minha Vida

O Minha Casa Minha Vida é um programa de habitação do Governo Federal oferecido para famílias com renda bruta até R$ 9 mil. Além de taxas menores, o programa subsidia entrada para quem tem menor renda. 

Conte com a Cid Imóveis

Viu como a cidade de Cuiabá pode ser promissora para quem quer investir no mercado imobiliário? Agora que você está convencido disso, não deixe de contar com a ajuda de uma imobiliária tradicional e que entende do setor para investir com segurança.

Para comprar imóveis em Cuiabá, converse com a CID Imóveis e veja como podemos ajudar você a valorizar o seu dinheiro